SEPS 710/910 Centro Clínico Via Brasil loja 9 - Galeria
(61) 3443.0402
De segunda a sexta das 8h às 18h
sac@implantcenter.com.br
Seu tratamento com excelência e garantia!

Coleta de Sangue do próprio paciente é possível para melhorar os procedimentos com implantes e enxertos ósseos?

admin 11 de setembro de 2018

Bom, existem várias formas de identificar este tipo de terapêutica, que normalmente são relatadas como: L-PRF, A-PRF, I-PRF, entre outras letrinhas.

Desde a década de 90 vem se utilizando a coleta e a centrifugação do sangue do paciente para melhorar a cicatrização dos procedimentos em implantes e enxertos ósseos, porém nessa época usavam-se alguns aditivos e isto acabou prejudicando a utilização clínica destes concentrados.

Hoje os agregados plaquetários autólogos têm sua indicação em várias fases do planejamento dos implantes, desde a extração do dente e a colocação de membranas ou apenas para melhorar a consistência do osso a ser utilizado e ainda como um fator que colabora para melhorar a cicatrização da gengiva.

A manipulação do sangue na centrífuga em tempos e rotações diferentes podem produzir diferentes concentrados para várias utilizações. Hoje já existe até a manipulação do sangue para a obtenção de membranas que substituem parcialmente o enxerto gengival.

É claro que o objetivo destes concentrados, seja na forma de membranas ou líquida, é promover uma melhor cicatrização dos tecidos moles e duros, bem como minimizar as possíveis intercorrências.

Então, nosso objetivo é apresentar uma alternativa para os tradicionais enxertos em bloco, minimizar o tamanho destes enxertos e otimizar o tempo de seu tratamento, uma vez que estes agregados, pelas células contidas no sangue, liberam fatores que vão melhorar as fases de cicatrização com menor tempo e mais efetividade.

Consulte-nos sobre esta terapêutica que vai auxiliar você no tratamento com os implantes.

 

Voltar

AGENDE SEU ATENDIMENTO AQUI!